Espaço de ligação do internauta com o blog

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pastor diz ter provas de que Barack Obama seria homossexual

Pastor diz ter provas de que Barack Obama seria homossexual

O pastor evangélico Scott Lively, conhecido por seu controverso apoio à campanha "Matem os gays", em Uganda, afirmou recentemente ter ter encontrado mais uma prova de que o presidente norte americano Barack Obama é secretamente gay.

Lively, que recentemente afirmou que casamento gay será o motivador para o início do apocalipse bíblico, afirma que o presidente americano estaria namorando com seu ex assistente pessoal, Reggie Love. Segundo o Huffington Post, essas afirmações partem de histórias de que Obama teria saído de férias ao lado do ex assistente, deixando para trás a sua esposa, Michelle Obama.

No ano passado, Lively já havia também afirmado que Obama já havia sido casado com um homem. Na ocasião ele usou um vídeo feito pelo teórico da conspiração Jerome Corsi para apoiar suas afirmações.

Os argumentos de Corsi são baseados em supostas histórias de que o presidente americano seria um assíduo frequentador de bares gays em Chicago, sendo inclusive muito conhecido pelos frequentadores de tais locais.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Vitória ontem e hoje

EM 1937
                                                                 
                                                                          EM 2013


O barão e visconde de TABATINGA

O barão e visconde de TABATINGA foi Domingos Francisco de Souza Leão, natural de Pernambuco. Era filho do Coronel Francisco Antonio de Souza Leão e de Maria da Penha Pereira da Silva, pais também da 1ª mulher do barão de MORENOS. Casou em primeiras núpcias com sua prima Ines Escolástica Pessoa de Mello, filha do Tenente-Coronel Felipe de Souza Leão e de Rita de Cássia Pessoa de Mello que era irmã do barão de MORENOS e do visconde de CAMPO ALEGRE. Em segundas núpcias casou com Francisca de Albuquerque de Souza Leão, filha do capitão Miguel Lúcio de Albuquerque Mello. Senhor dos Engenhos de Tabatinga, no Cabo, deputado à Assembléia Provincial em várias legislaturas, era comendador da imperial Ordem da Rosa.

Adenda

Domingos Francisco de Souza Leão - agraciado com o título (Dec 03.04.1867) de Barão de Tabatinga, elevado a Visconde pelo Dec de  05.05.1883 . Título de origem toponímica, tomado de seu engenho , situado no Cabo-PE. Nasceu a 28.07.1816 e faleceu a 02.01.1893 em Recife-PE. Filho de Francisco Antonio de Souza Leão e de Maria da Penha Pereira da Silva, e irmão da Baronesa de Jaboatão e de Maria Leopoldina de Souza Leão, esta casada com Antonio de Souza Leão, depois Barão de Morenos .  Comendador da Imperial Ordem da Rosa. Deputado à Assembléia Provincial de Pernambuco nas 22ª, 23ª, 24ª, 25ª e 26ª legislaturas. Senador estadual. Casou duas vezes: a primeira com Inês Escolástica Pessoa de Mello, 1ª Baronesa de Tabatinga, sua prima, filha de Felipe de Souza Leão e de Rita de Cássia Pessoa de Mello, e irmã do Visconde de Campo Alegre, do Barão de Morenos e do Senador Luiz Felipe;  a segunda, a 28.07.1880 no Recife ( Matriz da Boa Vista , liv 5, fls 74) com Francisca Alexandrina de Albuquerque Mello, 2ª Baronesa de Tabatinga, Viscondessa do mesmo título, filha de Miguel Lúcio de Albuquerque Mello e de Joaquina Francisca de Paula Cavalcanti, cujo ato ocorreu na capela do Ginásio Provincial, celebrado pelo Cônego Antonio Marques de Castilha, em presença do Barão de Morenos e de Jerônimo de Souza Leão. Sem filhos.

Colaboradora: Regina Cascão - Fontes: Gente de Pernambuco - de Orlando Cavalcanti e Dicionário das Famílias Brasileiras  de Carlos Eduardo Barata e AH Cunha Bueno.

Brasão de Armas: Escudo esquartelado: no primeiro e quarto quartéis, em campo de prata as quinas de Portugal, postas em, aspa; no segundo e terceiro, em campo de ouro, um leão de goles rompante. Timbre o leão das armas.(Brasão passado em 30 de Agosto de 1867.Reg.no Cartório da Nobreza,Liv.VI,fls.68).

O CARRO DOS TEMPOS PASSADOS


                                                              Aero-Willys 1961